terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Uma empresa Russa chamada KriosRus, a única empresa fora dos Estados Unidos especializada em criônica e criopreservação, já possui em seus galpões, 24 clientes de corpo todo armazenados de cabeça para baixo.

Criônica e criopreservação é a prática na qual os corpos são congelados no momento em que a morte clínica é diagnosticada, a fim de um dia, quando a ciência estiver avançada o suficiente, eles voltem à vida.

Os clientes que foram armazenados de corpo todo, estão de cabeça para baixo, presos pelos tornozelos(pois a temperatura do contêiner é mais fria na parte de baixo), os demais clientes que estão armazenados, escolherem um outro tipo de armazenamento, que é a chamada neuropreservação, sendo somente a cabeça congelada. Alguns clientes escolheram ser refrigerados ao lado de seus animais de estimação

O idealizador, Danila Medvedev, acredita que um dia a Rússia irá ultrapassar os Estados Unidos em suas ciências, o que torna o cenário ainda mais otimista para a sua empresa que busca a sonhada "imortarlidade humana".

Toda essa ideia surgiu em 1960, quando o professor universitário, Robert Ettinger, após publicar seu livro "O Principio da Imortalidade", que defendia que uma pessoa congelada no exato momento de sua morte poderia ser trazida de volta à vida posteriormente. Informações e fonte "Yahoo".

0 comentários:

Postar um comentário