domingo, 10 de abril de 2016

Algo muito triste aconteceu neste domingo (10) no sul da Índia. Um incêndio em um templo em Puttingal, no estado de Kerala, matou mais de 100 pessoas.

Os números de mortos e feridos ainda é incerto, mas a estimativa feita por agências de notícias, é que o incêndio acompanhado de uma explosão matou mais de 100 pessoas no templo. Anteriormente o número informado pelo diretor-geral de polícia de Kerala, era de 84 mortos, com cerca de 350 pessoas feridas, mas acredita-se que o número é bem maior.

Diversas famílias estavam reunidas para celebrar o Ano Novo hindu, mas uma faísca que caiu sobre o prédio no qual armazenavam os fogos de artifício, alguns deles muito potentes, provocou um incêndio que gerou uma enorme explosão, estremecendo casas até 1 km de distância, o que fez o prédio do templo desabar.


Cerca de 10 mil à 15 mil pessoas participavam da celebração e do espetáculo de fogos de artifício, no momento que ocorreu o incêndio.

De acordo com o governo indiano, soldados de equipes de resgate, bombeiros, e policiais trabalham no local, levando os feridos para dez hospitais da região.


O diretor do hospital de Thiruvananthapuram Medical College, que fica na capital de Kerala, afirmou que algumas vítimas apresentam feridas tão graves que terão que passar por amputações, e outras possuem queimaduras em mais de 50% do corpo. Informações "France Press" e "G1".

0 comentários:

Postar um comentário