quinta-feira, 21 de julho de 2016


Você já deve ter ouvido o ditado que diz; "É melhor prevenir do que remediar". É exatamente o que a Polícia Federal tem feito antes mesmo dos jogos Olímpicos no Rio de Janeiro ter início.

Um grupo que preparava atos terroristas durante os Jogos Olímpicos foi preso pela Polícia Federal hoje (21), foi o que confirmou o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, em uma coletiva de imprensa.

Foram presos 10 homens que moravam em 10 estados diferentes, e existem outros dois mandatos de prisão contra dois suspeitos. O grupo ficará preso por 60 dias, e os homens juraram lealdade ao "Estado Islâmico" pela internet.

Os membros do grupo se comunicavam pelas redes sociais, como WhatsApp e Telegram. O líder do grupo que passava as instruções morava em Curitiba, no Paraná, porém nunca se encontraram pessoalmente, exceto duas duplas separadamente.

Segundo informações passadas pelo próprio ministro da Justiça, os homens comemoraram os atentados em Orlando, nos Estados Unidos, de Nice e de Paris, na França.

O grupo discutia o treinamentos de artes maciais, compra de armamento e possíveis alvos no Rio de Janeiro. As informações sobre os presos são sigilosas, por determinação judicial. Nome, idade e profissões não foram divulgados pelo ministro na coletiva. Informações e fonte "Folha de São Paulo".

0 comentários:

Postar um comentário