terça-feira, 16 de agosto de 2016

O caso Patrícia Lélis está quase 100% esclarecido, mas como muitos duvidaram e até mesmo julgaram, sem ao menos esperar as provas vir a tona, muitos fatos estão favorecendo a defesa do deputado e pastor Marco Feliciano.

O caso que inicialmente pareceu confuso, tem se tornado favorável ao pastor e político, ainda não sendo aconselhável tomar partido para nenhum lado, pois todas as versões soam um pouco incoerente.

A jovem que será indiciada pelo delegado responsável pelos crimes de extorsão e denúncia caluniosa, tem ainda contra as suas acusações um vídeo que praticamente inocenta o pastor. Um vídeo exibido pelo programa "Conexão Repórter" do SBT, mostrou o deputado e pastor Marco Feliciano trabalhando na exata hora em que Patrícia Lélis o acusa de estupro.

Segundo o Boletim de Ocorrência assinado por Patrícia, a agressão teria ocorrido às 9h da manhã do dia 15 de junho, sendo que nesse mesmo horário, o pastor estava participando de uma audiência com Ronaldo Nogueira, Ministro do Trabalho.

O apresentador e repórter do programa, Roberto Cabrini, mostrou em seu programa imagens das câmeras de segurança que comprova o cumprimento da agenda parlamentar de Marco Feliciano na hora e no dia em que o pastor sofre as acusações da jovem por estupro.


1 comentários:

  1. Como as pessoas julgam sem conhecer a fundo a integridade e carater de uma pessoas.
    As críticas são porque a maioria das "pessoas" não tem a mesma coragem de luta no que se acredita,ele tem a atitude que muitos não tem

    ResponderExcluir