sábado, 17 de setembro de 2016


A história de uma senhora que dedicou meses para ressuscitar seu marido com rituais religiosos está chamando a atenção do mundo. Uma senhora russa de 76 anos de idade, surpreendeu as autoridades quando afirmou não ter relatado a morte de seu marido de 87 anos por acreditar que poderia ressuscitá-lo com água-benta e orações.

Terapeuta aposentada, moradora do distrito-central de Volgograd, Rússia, sentiu incapaz de lidar com a morte do marido, e teve sua história descoberta no dia 12 de agosto, quando de forma acidental inundou o apartamento de baixo, onde um vizinho invadiu sua casa para desligar a água.

Ao entrar no apartamento da senhora, o homem viu um corpo deitado no sofá da sala, e encontrou em contato com a policia local. Especialistas investigaram o caso e descobriram que o homem estava morto entre 4 a 6 meses, não apresentando sinal nenhum de violência, concluindo que a morte do senhor foi por causas naturais.

Afim de não ter interferência dos vizinhos e familiares, a senhora que planejava ressuscitar o marido, alegava que o idoso estava cansado demais para receber visitas, impedindo até os filhos de visitá-lo.

Investigada pela policia local, foi descoberto que a senhora começou a se interessar por ocultismo nos últimos anos, se tornando obcecada com o trabalho de psíquico russo que apresentava um programa de televisão onde tentava se comunicar com os mortos.



As investigações concluíram que a senhora passou a acreditar que através da aspersão de água benta sobre o marido, conseguiria trazê-lo de volta a vida e reanimá-lo. Informações e fonte "Kuba Info".

0 comentários:

Postar um comentário