sábado, 1 de outubro de 2016

A imagem chamou a atenção do Brasil duranta a semana, onde uma mãe clamou a Deus em frente a um hospital, mas lamentavelmente o filho dela veio a falecer hoje.

A fé e o clamor de uma família na porta do Hospital Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, comoveu a todos na internet durante essa semana. A mãe evangélica do jovem de 18 anos, Renan Grimaldi, se ajoelhou na entrada do hospital, após receber a confirmação da morte cerebral do filho que sofreu um acidente de carro.

Os procedimentos médicos indicavam para o desligamento dos aparelhos que mantinham seu organismo funcionando artificialmente, mas devido o ato de fé dos pais, amigos e parentes na entrada do hospital, os médicos resolveram adiar o desligamento dos aparelhos.

"Meu filho não está morto. Ele está vivo. O coraçãozinho dele ainda está batendo, e os outros órgãos estão estão bem. Agradeço a Deus pela decisão dos médicos em não desligarem os aparelhos. Estou fazendo tudo o que posso. Vou até o fim. Meu filho vai sair de lá bem", disse a mãe Vanessa Loureiro da Silva aos prantos.



Já o pai do jovem, Rodrigo Grimaldi, publicou hoje uma despedida através das redes sociais na manhã deste sábado (1). A Secretaria Municipal de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, ainda não confirmou a morte do jovem.

Informações e fonte "Extra".

0 comentários:

Postar um comentário