quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Após ter sido assaltado e mantido como refém em um cativeiro, um bispo evangélico, líder da Igreja Tabernáculo de Davi, foi assassinado.

Admilson Freitas Santos, de 44 anos, foi morto no último sábado (12), na cidade de Porto Seguro (BA). Quando o bispo saia de casa pela manhã para ir à freira livre, foi abordado no local por criminosos que tinham a intenção de roubar seu veículo.

O principal suspeito já foi preso pela Polícia após algumas horas de buscas. Sua esposa, preocupada com a demora do bispo, ligou para o seu celular, mas quem respondeu a chamada foi outra pessoa, que disse ter achado o celular em outro bairro, dizendo que iria devolver o aparelho assim que saísse do trabalho.

A esposa do pastor que estava bastante preocupada, acionou a Polícia Militar, que de pronto iniciou as buscas pelo bispo, sendo que no final da tarde, o corpo do bispo foi encontrado por uma equipe do 8º Batalhão de Polícia Militar.

A investigação concluiu que o bispo foi levado em seu próprio carro até o local onde a pessoa atendeu o telefonema, e em uma casa ele foi assassinado a facadas. A casa onde o bispo foi assassinado de forma brutal, pertence ao principal suspeito do crime, que foi localizado em um táxi, na orla da cidade.

Ao notar que seria preso, o suspeito saiu do carro correndo e tentou roubar o carro de um turista, mas a tentativa não deu certo, indo se esconder em um hotel próximo. Sendo encontrado e preso algumas horas depois em um shopping do centro de Porto Seguro.

O principal suspeito foi identificado como Luiz Felipe dos Santos, 18 anos, mas os co-autores do crime ainda não foram localizados. O carro do bispo foi encontrado em um motel às margens da BR-367, na entrada de Porto Seguro.


0 comentários:

Postar um comentário