quinta-feira, 24 de novembro de 2016


Um médico com 25 anos de carreira, incrédulo e totalmente contrário a qualquer história de "quase morte", mudou de vida após passar por uma experiência totalmente surreal.

O médico anestesista, Rajiv Parti, ouviu no decorrer da sua profissão diversas histórias de pacientes que afirmavam ter passado por experiências de quase morte, onde relataram ver a famosa "luz no final do túnel". Para ele todas essas histórias não passavam de delírios causados pela anestesia ou sonhos, até que...


Doutor Rajiv tinha uma opinião formada sobre o assunto, que segundo ele, acredita que essas histórias não passavam de uma "porcaria". Como anestesista, sua função se limitava em manter seus pacientes inconscientes durante as operações, por isso nunca levou a sério nenhuma história de quase morte.

No ano de 2010, sua visão sobre o assunto mudou, quando foi internado com urgência em um hospital para tratar um câncer de próstata, só que o doutor não imaginava, que algo mudaria sua visão para sempre.

O doutor que é indiano e nunca se considerou uma pessoa religiosa, conta que durante a anestesia e sua operação, ele teve um vislumbre do inferno, onde ouviu "gritos de dor e sofrimento", sentindo-se arrastado até a borda de uma espécie de "canhão de fogo", de onde saía muita fumaça e "um cheiro extremamente enjoativo de carne queimada".

O médico contou seu testemunho para um jornal local, onde confessou que sabia que estava a beira do inferno. Doutor Rajiv contou que ouviu uma voz com clareza dentro da sua cabeça que dizia o seguinte: "Você tem uma vida materialista e egoísta."

A experiência de quase morte, fez o médico repensar sobre suas posses que tinha acumulado durante a vida e sentiu um vazio muito grande dentro de si. Após a visão, Rajiv começou a clamar, pedindo a Deus que lhe desse uma segunda chance.

Após o pedido, Rajiv conta que foi cercado por dois anjos, que ele acredita ter sido Miguel e Rafael, que o conduziu até uma luz ofuscante, foi ai que soube que poderia voltar à vida, mas que deveria repensar sobre certas mudanças que deveria fazer.

Quando Rajiv voltou a si, na sala de cirurgia, a operação tinha acabado de ser finalizada, mas ao contar para os médicos o que aconteceu, nenhum médico acreditou no seu relato, tendo a mesma atitude que ele tinha com seus pacientes quando relatavam histórias parecidas.

Rajiv lançou um livro chamando, "Dying to Wake Up" (Morrendo para poder acordar), onde relatou todos os detalhes da sua experiência de quase morte.

Após a experiência, Rajiv vendeu todos os seus carros que possuía, vendeu sua mansão e passou a morar em uma casa com metade do tamanho. Hoje Rajiv conta que seu principal desejo é ajudar as pessoas a repensarem a maneira como estão vivendo.

0 comentários:

Postar um comentário