quarta-feira, 23 de novembro de 2016

"Cura" das doenças com inseticida? Onde se encontra tal prática nas Sagradas Escrituras? É isso que está acontecendo na África do Sul. Um pastor autointitulado profeta promete a cura das doenças com veneno para matar insetos.

O pastor da África do Sul, Lethebo Rabalago, de 24 anos, causou muita revolta no Facebook ao postar fotos orando e ungindo as pessoas com materiais perigosos para a saúde dos fiéis para a "cura". Para o pastor sua atitude é para que Deus seja visto.


"Nós estamos glorificando a Deus. Queremos que Deus seja visto. Estamos dizendo que com Deus tudo é possível", disse o pastor.

O pastor publicou em seu perfil no Facebook as imagens de quando ele borrifa pesticida nas feridas e nos rostos de seus adeptos, garantindo que através da sua atitude eles serão curados. O escândalo foi tão grande no país, que o fabricante de inseticida local, emitiu uma nota alertando sobre os riscos de aplicar a substância tóxica no corpo.

Em entrevista para a "TMG Digital", o pastor contou que ao aplicar o produto no rosto de uma mulher que tinha uma grave infecção nas vistas, logo em seguida ela começou a enxergar bem, porque ela acreditou no poder de Deus.

O pastor também contou que Deus pode usar qualquer coisa para curar as pessoas. "Não é uma questão de inspiração. Ninguém me inspirou a nada. Ser inspirado por alguém é o mesmo que copiar. Eu estou trazendo algo novo. Eu acredito que Deus pode usar qualquer coisa para curar as pessoas", contou o pastor que é mais conhecido como profeta.



O pastor também utiliza outros itens para efetuar a "cura", como flores e grama, e justifica suas atitudes contando que tudo pertence a Deus. "No livro do Gênesis o espírito de Deus pairava sobre as águas. Tudo aqui na Terra pertence a Deus. Gasolina pertence a Deus. Desgraça pertence a Deus", justificou o pastor. Informações e fonte "Blasting News".


0 comentários:

Postar um comentário