segunda-feira, 14 de novembro de 2016


Você ficou sabendo do pastor que morreu enquanto evangelizava traficantes em uma favela na Baixada Fluminense na última sexta-feira (11), no Rio de Janeiro?


Então, a polícia está investigando o caso, e a morte do pastor Marco Aurélio Bezerra de Lima, que foi enterrado ontem (13), por volta das 15 horas, continua gerando muita repercussão e novos relatos. O mais recente dos relatos que está gerando grande comoção, é a informação de um pastor, David Silva, da filial a qual o pastor baleado liderava, contou que quase foi uma das vítimas do traficante que baleou o pastou, e que acredita que o pastor antes de ser baleado, orou pelo seu próprio assassino.



"Era para eu estar com ele naquele momento, só não estava porque precisaram de mim na igreja. Mas antes de ajudar a recuperar vidas, eu fui um deles, e sei a importância desse trabalho. Por isso iremos continuar esse legado que ele nos deixou", contou o pastor David Silva, um dos "discípulos" do pastor Marco Aurélio.

O pastor baleado era muito conhecido em Belford Roxo, devido ao forte trabalho realizado para a recuperação dos traficantes e usuários de drogas nas comunidades da cidade.

O pastor estava de carona de um carro dirigido por um amigo, quando foi abordado por um traficante visivelmente drogado e que não o conhecia. Marco Aurélio teria se identificou para o traficante como pastor evangélico, onde conversou com o criminoso e fez uma oração por ele. Após a oração, o pastor que tinha realizado uma operação recente na perna esquerda, se abaixou para coçar a perna e pegar uma muleta, nesse momento que o suspeito se assustou, o que possivelmente confundiu a muleta com uma arma de fogo e baleou o pastor.

O tiro atingiu o tórax do pastor, que foi levado de imediato pelo Corpo de Bombeiro para um hospital mais próximo, mas ao chegar na unidade já estava sem vida.

Parentes e amigos ligados ao pastor, expressaram muita tristeza pelas redes sociais com a morte de Marco Aurélio. Alguns prestaram homenagem, onde foi nítido que o pastor Marco Aurélio era muito querido por aqueles que o conheciam.



A filha do pastor fez uma homenagem no Facebook, e descreveu o seguinte: "Como ele sempre dizia: missão dada, missão cumprida. Combati um bom combate, terminei a carreira e guardei a fé! Obrigado por ter sido meu pai".

O pastor Marco Aurélio deixou aqui na Terra a esposa, que é missionária, três filhos e dois netos. Informações e fonte "Extra".

0 comentários:

Postar um comentário