segunda-feira, 9 de janeiro de 2017


A grande repercussão do atentado contra Valdemiro Santiago no domingo (8), durante um culto pela manhã na Igreja Mundial ganhou grande repercussão na imprensa brasileira e mundial, se tornando o assunto mais comentado do final de semana.

Após o próprio Valdemiro Santiago contar em um vídeo, que o atentado pode ter sido mandado por alguém, ou até mesmo por um religioso (veja aqui), fez nascer várias especulações, e o autor do atentado contou o porque praticou o atentado contra o apóstolo da Igreja Mundial e como se planejou.

Jonathan Gomes Higino de 20 anos foi preso em flagrante, onde na delegacia confessou que o atentado foi motivado por um "desejo de vingança" contra o apóstolo.

Em depoimento, Jonathan contou que o apóstolo o provou durante um culto da Igreja Mundial, em julho, entendo que Valdemiro pediu para o povo "crucificá-lo". "Vamos crucificar ele", teria dito Valdemiro contra o agressor.


Bispos, pastores e participantes da Igreja Mundial negaram que Valdemiro tenha se dirigido contra Jonathan. "Eu entendo que esta pessoa deveria estar desequilibrada, fora de si para cometer um ato dessa magnitude, porque não justifica", contou o Bispo Jorge Pinheiro em entrevista para o Fantástico da Globo.

Na delegacia de polícia, Jonathan também contou que o ataque contra Valdemiro foi planejado por 5 meses, onde dentro da igreja encontrou uma maneira de se aproximar do apóstolo, entrando em uma fila para receber a bênção de Santiago. (Veja aqui o vídeo do ataque contra Valdemiro)




0 comentários:

Postar um comentário