segunda-feira, 23 de janeiro de 2017


A atriz da Rede Globo, Juliana Paes, contou em entrevista para o programa "Encontro", que estava sendo apresentado pela apresentadora Ana Furtado e por Felipe Andreoli, como é a sua relação com a religião e a fé, relatando ter nascido na Umbanda.

Nascida e criada na Umbanda, Juliana Paes contou que sua avó era chefe de terreiro, assumindo que toda a sua religiosidade veio da Umbanda, mas ao crescer, buscou mais informações sobre as religiões, como o Budismo e o Kardecismo.

"A minha religião é algo muito particular. Eu nasci e fui criada na Umbanda. A minha avó era chefe de terreiro. Toda a minha descoberta espiritual foi através deste fio. Quando eu fui ganhando a minha autonomia, busquei outras fontes de informação. Procurei estudar outras coisas, como o Budismo e o Kardecismo", contou Juliana Paes.


Juliana contou também que através da sua busca por informações sobre religiões, ela foi encontrando várias respostas, contando também ter um irmão evangélico e que frequenta os cultos com ele.

"Em cada doutrina, encontrei respostas para perguntas diferentes. Tenho um irmão evangélico e adoro ir ao culto dele", revelou a atriz.

Sobre a morte, Juliana Paes não escondeu o que pensa, revelando que independente da religião, a perda de pessoas próximas é sempre dolorida, contando que a diferença está somente na maneira de encarar a morte. "É como se a morte fosse apenas uma passagem, mas para quem fica sempre existe muita dor. Por mais iluminado e espiritualizado que seja, a saudade é incontrolável", opinou Juliana Paes durante o programa. Informações e fonte "Yahoo".





0 comentários:

Postar um comentário