quarta-feira, 15 de março de 2017

O caso é triste e angustiante, mas aconteceu com uma jovem de 31 anos que tinha prazer em ajudar seu próximo...

Simone Moura Facini Lopes, de 31 anos, foi encontrada morta no último domingo(12), por um homem que vive na residência. Segundo os investigadores do caso, o homem ao chegar na residência e se deparar com a jovem morta, ligou imediatamente para a polícia.


A jovem era voluntária da igreja Adventista, oferecendo serviços de alfabetização e estudos bíblicos a um idoso, sendo encontrada morta, amarrada em uma cama e seminua. O crime foi registrado na zona rural da cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo.

O principal suspeito, que é o aluno da jovem, o idoso de 64 anos, está desaparecido. Simone frequentava o local para ensinar o idoso a ler e escrever, usando textos da Bíblia.

A jovem era membro da Igreja Adventista, e segundo a perícia, não há indícios de violência sexual contra Simone, sendo encontrada uma marreta com vestígios de sangue. A jovem já foi enterrada na última terça-feira(14), no cemitério da mesma cidade.

Simone era apontada como uma pessoa prestativa, dedicada, sorridente, amorosa e que sempre fazia o seu melhor em prol do próximo, deixando todos da congregação a qual Simone frequentava chocados. Informações e fontes "G1 e R7".



0 comentários:

Postar um comentário