segunda-feira, 24 de abril de 2017


O pastor Sebastião Ferreira de Souza, de 57 anos, da igreja Assembléia de Deus, foi encontrado morto juntamente com mais oito homens, apresentando marcas de tortura, só que um detalhe chamou a atenção... Ele foi o mais torturado dentre os outros.

Uma chacina ocorrida em Taquaruçu do Norte, distrito de Colniza, em Cuiabá, que ocorreu na última quinta-feira(19), dentro de uma área rural, ainda está sendo investigado pela polícia, mas o que já se sabe. é que o pastor foi o mais torturado dentre todos.


A polícia ainda não sabe dizer o que motivou maior violência contra o pastor, que segundo a polícia, apresentava hematomas pelo corpo, um corte com facão na cabeça e o mais grave, o pastor foi degolado. "Ainda não sabemos a razão [do pastor ter sido o mais torturado]", contou o coronel responsável pelo caso.

Todos os outros corpos tinham sinais de tortura, sendo que alguns apresentavam marcas diferenciadas de tortura, sendo amarrados e agredidos com enxadas e facões. Sete deles foram mortos com tiros de espingarda calibre 12 e dois com golpes de facão.

Os crimes foram cometidos por um grupo de homens encapuzados, sendo que a principal suspeita da morte dos homens, é que os criminosos agiram a mando dos fazendeiros, motivado por uma briga por terras. Informações e fontes "GGeral".




0 comentários:

Postar um comentário