quinta-feira, 13 de julho de 2017


O pastor Paulo Júnior tem se tornando muito conhecido nas redes sociais por causa de certas pregações duras, onde por diversas vezes fala sobre falsos profetas, citando alguns líderes religiosos atuais, mas dessa vez, sua pregação foi para as mulheres cristãs, que segundo ele, usam calças coladas em seus corpos detalhando seus "glúteos".

Em um trecho de suas pregações que vem circulando no Facebook, o pastor se voltou para as mulheres que usam "calças coladas", que expõem detalhes de seus corpos. Frisando não quer ser ofensivo nem vulgar em suas palavras, o pastor falou sobre a sensualidade não ser padrão para as mulheres cristãs.


"A sensualidade não é padrão para você. Calças apertadas mostrando seus glúteos, onde ao olhar para você de costas dá para ver exatamente o formado dos glúteos", alertou o pastor.

Paulo Júnior citou que por mais que a mulher seja inocente e não tenha a intenção de chamar a atenção, não fará os homens deixarem de pecar. "Minha irmã, sua inocência não fará os homens deixar de pecar. Inocência tem que andar com prudência", alertou o pastor.

O trecho da pregação que mais repercutiu nas redes sociais, foi o final do vídeo, onde alertou as mulheres que ao se vestir de forma "indecente", ela está se vestindo como "prostituta". "A Bíblia diz que se você se veste assim, você está se vestindo como prostituta", finalizou o pastor.

O trecho da pregação gerou diversos tipos de comentários, onde muitas mulheres apoiaram a forma de interpretar o pastor, mas outros o criticaram em seus comentários. Um dos comentários orientou de forma irônica as mulheres irem a igreja de burca(vestimenta feminina que cobre o corpo e até mesmo o rosto). "Vá ao culto de burca...", comentou um internauta de forma irônica.

Assista:



0 comentários:

Postar um comentário